em de

400 milhões de logins do Adult Friend Finder vazaram. Veja como os usuários podem se proteger

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

São Paulo, 14 de Novembro de 2016 – Pela segunda vez em um ano, o site de pornografia e de encontros Friend Finder Networks foi invadido, com o vazamento dos dados de acesso de 412 milhões de contas – do site principal e dos associados -, utilizadas pelos usuários nos últimos 20 anos. Esse é considerado o maior vazamento de contas da história da internet. Para piorar, o lote vazado contém os dados de acesso dos usuários do Penthouse.com, que que o Friend Finder havia vendido em fevereiro.

Segundo Tony Anscombe, senior Security Evangelist da Avast, “especialmente quando estão combinando encontros, os usuários trocam muita informação para contato pessoal. Nesse caso, tudo isso trafegava em texto. É como enviar uma declaração de amor num cartão postal: todo mundo nos correios provavelmente vai ler. No mundo dos encontros online, geralmente ninguém quer enviar informações às pessoas erradas. Mas mesmo aqueles que se consideram muito discretos sempre deixam uma pista. Um cibercriminoso pode trilhar os dados de contas antigas e encontrar dados que os usuários não querem expostos em público”.

Se alguém quiser usar um site ou aplicativo de encontros, diz ele, precisa manter sua identidade online bem segura seguindo estes conselhos:

1. Pesquise e verifique que rastros você deixa

Faça isso usando, por exemplo, o Google para pesquisar nome e login utilizados. Isso mostrará o que será encontrado se alguém procurar por você – tomara que não seja nada constrangedor – e assim você poderá conferir se sua identidade virtual aparece do jeito que você espera. Você também pode ligar um Google Alert para ficar sabendo se alguma nova informação sobre você entrou em domínio público. Desse modo, ninguém poderá compartilhar detalhes sobre você sem o seu conhecimento.

2. Crie um email separado com uma senha única

Quando você de fato abre uma conta para encontros, é bom ter uma rota de fuga. Isso significa criar um perfil totalmente isolado de todas as suas outras identidades online – nova conta de email, novo username e nova senha.

Você não vai querer a possibilidade de que alguém cruze referências do seu cadastro de encontros com suas contas nas redes sociais. Uma conta descartável de email levará qualquer potencial perseguidor a um beco sem saída, sem chances de localizar seus perfis permanentes.

3. Confira se as suas fotos não revelam sua localização

Você pode não querer divulgar sua localização quando publica uma foto, mas para alguém que sabe ollhar, é exatamente isso o que acontece. Graças ao geo-referenciamento, quando você manda uma selfie ao seu potencial par pode também estar enviando sua localização exata. Você deve começar a pensar se não está anunciando sua localização aos quatro ventos. Se você está enviando uma foto em formato RAW, e se o recurso de localização da sua câmera está ligado, suas coordenadas de GPS estarão ali. Se você não se preparou para compartilhar o endereço de sua casa com alguém que conheceu online, remova esse tipo de dado de qualquer arquivo enviado.

4. Pague com um cartão de crédito descartável

Eu recomento que todo mundo interessado em ter um perfil num site de encontros use um cartão de crédito descartável – que não esteja ligado às contas bancárias -, para pagar a mensalidade do site. É possível conseguir um até em supermercados ou comprar um VISA virtual pela internet, protegendo assim o seu cartão de crédito principal. Se os servidores da empresa forem invadidos – como foi a AshleyMadison em 2015 – suas informações de pagamento não ficam comprometidas.


Publicidade

Teste grátis por 14 dias. Se você gostar, assine utilizando o cupom: LC3JQAWPE3XK74E e ganhe 20% de desconto durante 1 ano. Saiba mais em: Conheça o G Suite


Da Redação

Seutec.com é um portal interativo que oferece notícias, dicas, tutoriais e diversos conteúdos de tecnologia, games e informática.

*Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem.

Deixe uma resposta

Usuários poderão se candidatar a vagas de emprego pelo Facebook

Google e Facebook fecham o cerco contra as notícias falsas