em

Avast aponta os 10 apps que mais pesam no Android

Foto: Reprodução

Snapchat, Facebook, musical.ly e Tinder estão entre os maiores devoradores de bateria, armazenamento e dados

21 de Dezembro, 2016, São Paulo, Brasil – O que o Tinder, Snapchat, Spotify e Wattpad têm em comum? A Avast, líder em produtos de segurança para consumidores e empresas, descobriu que todos eles são o máximo em prejuízos no desempenho de telefones Android, ao serem utilizados, segundo o relatório Avast Android App Performance & Trend Report relativo ao terceiro trimestre de 2016. A Avast calculou a perda total de desempenho causada pelos aplicativos Android nos telefones das pessoas pela combinação do seu impacto na duração da bateria, na capacidade de armazenamento e na utilização do plano de dados, revelando os 20 apps mais gulosos. Os aplicativos de notícias Daily Mail Online e ynet são dois estreantes na tabela do trimestre, unindo-se aos aplicativos regulares Facebook, Instagram e ao WhatsCall na lista dos dez mais vorazes, que rodam automaticamente num telefone.
Vários novos apps também entraram na tabela dos Dez Mais neste trimestre pela primeira vez, entre os quais:

Musical.ly: com um público estimado de 150 milhões de adolescentes atualizando-se com as últimas músicas, o musical.ly foi um sucesso massivo. No entanto, em testes internos, levou apenas duas horas para esgotar uma bateria totalmente carregada enquanto exibia clips continuamente. Em poucos minutos, assistindo-se 25 clips sem parar, consumiu 100MB de dados; fazer isso diariamente durante um mês ultrapassaria 3GB de dados, o que é mais do que o disponível num plano de dados de um usuário normal. Ele também consumiu a maior parte do espaço de armazenamento nos smartphones, ficando com a posição número um entre os vilões do armazenamento.

WhatsCall: concorrente relativamente novo do Skype, este aplicativo prejudica os smartphones com sua contínua atividade em background, mesmo que você não esteja fazendo ligações. Ele ficou em 6o lugar na lista de consumo de plano de dados/tráfego.

Wattpad: é provável que este aplicativo tenha acabado em terceiro na classificação geral por causa de suas notificações e recursos de seguidores, constantemente checando novos livros.

Testemunhas de Jeová: este aplicativo oficial produzido pelas Testemunhas de Jeová foi o mais pesado no armazenamento dos smartphones. Ele permite que os usuários façam download da bíblia (em todas as linguagens) e acessem uma biblioteca de tutoriais e apresentações em vídeo de alta-resolução. Todo esse rico conteúdo multimídia tem um custo – nossos testes indicaram cerca de 2GB para download das escrituras e 3GB para assistir aos vídeos de apresentação.

Pedômetro TayuTau: fanáticos do fitness devem ter descoberto que seus telefones também andaram malhando depois de utilizar este aplicativo de pedômetro, que ficou em 7o lugar. Testes internos mostraram que uma atividade de 50 minutos consome 31% da bateria, e que mesmo uma caminhada de cinco minutos drena 3% dela, ainda que com a tela quase sempre apagada.

Menções Notáveis: o Tinder ficou entre os top 10 tanto por consumo de plano de dados/tráfego quanto de bateria. O aplicativo de classificados da OLX, que havia saído da lista no segundo trimestre de 2015, reapareceu entre os 10 mais na categoria de consumo de bateria. Os aplicativos de dois grandes jornais do Reino Unido, Daily Mail e The Guardian, ficaram entre os líderes no consumo de armazenamento e plano de dados/tráfego, respectivamente.
Mais aperfeiçoados: um bom número de aplicativos melhorou seu desempenho o suficiente para neste trimestre sair da lista dos top 10: entre eles estão ChatOn, Kik Messenger, WhatsApp e WeChat, assim como SoundCloud, Mozilla Browser e o BBC iPlayer.

Gagan Singh, Vice-Presidente da Avast para Mobile, diz que “com os smartphones assumindo papel central em nossas vidas digitais, a expectativa das pessoas é não só de estarem seguras online, mas de também terem uma ótima experiência. Nossa pesquisa ajuda-nos a identificar todos os desafios que nossos clientes estão enfrentando ao utilizarem seus dispositivos móveis e permite-nos proporcionar dicas úteis e aconselhamento. Essas tabelas de desempenho dos aplicativos são um grande exemplo para ajudar os usuários a entenderem como podem administrar o uso de seus aplicativos com inteligência para obterem o máximo dos seus dispositivos, sem limitar o aproveitamento de seus aplicativos favoritos”.

Um limpador e otimizador como o AVG CleanerTM for AndroidTM, um produto da Avast, pode ajudar a manter a vigilância nos aplicativos de seus telefones que consomem recursos. O relatório completo pode ser baixado aqui.

Metodologia

O AVG App Report foi criado com uma amostra de dados agregados e sem identificação de mais de 3 milhões de usuários de telefones Android do mundo inteiro. Os dados de aplicativos incluídos no relatório cobrem um período de Julho de 2016 até Setembro de 2016 e inclui aplilcativos somente da Google Play onde a AVG observou uma amostra mínima de 50.000 incidentes de utilização.

Por Da Redação

Seutec.com é um portal interativo que oferece notícias, dicas, tutoriais e diversos conteúdos de tecnologia, games e informática.




Sugerido por MGID

Loading...



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − 17 =

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Apple, Google e Uber se recusam a criar um registro de muçulmanos

Obama expulsa 35 diplomatas russos por ataque que ‘hackeou eleições’ dos EUA