em

Como a Inteligência Artificial pode melhorar o dia a dia da empresa

Veja como essa tecnologia pode tornar os processos da sua empresa ainda mais práticos, rápidos, seguros e inteligentes

Ilustração. Foto: Pixabay

Há alguns anos, Ao ouvir o termo inteligência artificial, parecia se tratar de algo futurista, pertencente a filmes de ficção científica ou algo do tipo. Porém, ela já existe hoje em dia, inclusive em produtos e serviços que utilizamos no cotidiano.

Seu potencial de crescimento é absurdo, e não é incorreto pensar que ela estará ativamente presente em todos os setores do mercado daqui a alguns anos, com benefícios que fazem os olhos de todos os amantes da tecnologia brilhar.

Prova disso é uma estatística da Juniper Research, que afirmou que o investimento em inteligência artificial será de aproximadamente US$ 2 bilhões em todo o mundo em 2018, mas deve atingir US$ 7,3 bilhões em 2022, ou seja, um crescimento esperado de 365% em apenas 4 anos.

Entenda exatamente o que é a inteligência artificial, como ela já existe e é utilizada hoje em dia e, principalmente, como pode estar no cotidiano da sua empresa.

O que é a inteligência artificial?

É uma área da ciência da computação responsável pela criação de máquinas, equipamentos e sistemas inteligentes, que trabalham e reagem como os seres humanos. É como se eles fossem, literalmente, dotados de inteligência.

O objetivo dessa tecnologia é criar soluções que sejam capazes de aprender, planejar e resolver problemas, não apenas com o raciocínio lógico que os sistemas de computador oferecem, mas sim algo mais próximo ao pensamento humano.

Marvin Minsky e John McCarthy são considerados como os pais dessa tecnologia e descreveram, por volta de 1950, inteligência artificial como uma atividade feita por um programa ou máquina que, se um humano tivesse que fazer a mesma tarefa, seria dito que ele teria que ser inteligente para realizá-la.

O campo de pesquisa da inteligência artificial foi inaugurado como uma disciplina acadêmica em 1956, ou seja, há mais de 50 anos. Porém, há que se considerar os chamados “invernos da IA”, quando o campo deixou de receber recursos de pesquisa e ficou parcialmente parado.

Os maiores invernos foram entre 1974 e 1980 e, posteriormente, entre 1987 e 1993, embora também tenham havido outros períodos em que o desenvolvimento dessa área ficou parado ou se movimentou bem lentamente.

Porém, a partir do final do século XX e, principalmente, do início do século XXI, o assunto esteve muito em voga na comunidade da tecnologia e começou a crescer drasticamente.

Sistemas de inteligência artificial, também conhecida como IA ou AI (Artificial Intelligence), geralmente mostrarão pelo menos alguns comportamentos que são associados à inteligência humana, como os seguintes:

  • Planejamento;
  • Aprendizado;
  • Raciocínio;
  • Demonstração de conhecimento;
  • Solução de problemas;
  • Percepção;
  • Manipulação;
  • Em menor grau, inteligência social e criatividade.

Até então, as máquinas e equipamentos não eram capazes de demonstrar esses comportamentos, já que sua função era a de seguir comandos e programações que estavam restritas ao raciocínio lógico. Porém, com o advento da inteligência artificial, sua abrangência se torna muito maior.

Como ela está presente em nossas vidas hoje?

Em uma série de atividades, desde os assistentes pessoais nos celulares até os chatbots usados pelas marcas nos aplicativos de comunicação. Alguns exemplos práticos são os seguintes:

  • Assistentes nos smartphones, como Google Assistente, Apple Siri e Microsoft Cortana;
  • Carros inteligentes, como os fabricados pela Tesla;
  • Serviços de streaming de músicas (Spotify, Apple Music, Tidal) e de filmes e séries (Netflix, Amazon Prime);
  • Redes de anúncios online, como Google Ads;
  • Dispositivos inteligentes para casa (smart home), como Amazon Alexa, Google Assistente e Apple HomeKit;
  • Jogos de videogame, que podem criar níveis automaticamente para os jogadores;
  • Feeds das redes sociais, que exibem conteúdos que o usuário provavelmente gosta de acordo com seus interesses e interações nas redes e em outros sites.

Esses são apenas alguns exemplos, e é certo que dentro de um período de tempo não muito longo, a lista será muito maior.

Como a inteligência artificial pode ajudar a sua empresa?

Essa ainda é uma grande dúvida por parte dos donos, gestores, coordenadores e demais colaboradores. Felizmente, a verdade é que todos os setores podem ser ajudados pela IA de alguma maneira.

A Adobe divulgou na 8ª edição do seu relatório anual “Digital Trends”, no início de 2018, que apenas 15% das empresas utilizam IA em suas atividades, número que deve aumentar para 31% nos próximos 12 meses, ou seja, um crescimento de 106,7% em apenas um ano.

A tendência ainda deve se manter por muito tempo, já que a disruptividade da AI chama muita atenção e abre inúmeras portas para sua aplicação nas empresas.

Algumas das formas que a IA pode ajudar a sua companhia hoje são as seguintes:

Melhorar o atendimento ao cliente

As ferramentas de inteligência artificial podem ajudar os colaboradores através de uma melhoria notável no atendimento e suporte ao cliente. Por exemplo, ela pode ordenar solicitações dos clientes, responder perguntas online e encaminhar mensagens, perguntas e problemas para a pessoa responsável.

Com isso, até mesmo as empresas de pequeno porte e com poder de investimento limitado podem oferecer um atendimento de alta qualidade aos clientes, comparável – ou até mesmo superior – ao oferecido pelos grandes players do mercado.

Automatizar atividades do cotidiano

Muitas das atividades feitas em uma empresa são repetitivas, e a IA pode ajudar a realizá-las com mais agilidade, praticidade e segurança, sem abrir mão de um altíssimo nível de confiabilidade.

Sua aplicação pode ser ainda mais forte nos escritórios, com tarefas que vão desde a gestão da comunicação com os clientes até a elaboração de relatórios de negócios, tudo de forma automatizada.

Assim como vimos na dica anterior, a qualidade e a agilidade desse trabalho poderá ser similar ao que se vê nas empresas de grande porte, mas com apenas uma porção de seu investimento.

Com isso, os colaboradores terão muito mais tempo para o desempenho de suas outras atividades, o que pode ajudar o negócio a crescer e lucrar em um mercado onde a competitividade cresce a cada dia.

Ter respostas imediatas com os assistentes de voz

As pesquisas feitas por voz eram observadas como algo prático e rápido, mas seu poder não era tão grande como hoje, principalmente com os gadgets para casas inteligentes e os assistentes nos celulares e computadores.

De acordo com a comScore, no ano de 2020, 50% de todas as pesquisas serão feitas por voz, um número que pode ser ainda maior do que parece.

A última estatística clara divulgada pelo Google a esse respeito diz que no ano de 2012 foram feitas 1,2 trilhões de pesquisas (ou 3,287 bilhões de pesquisas por dia). O número deve ter crescido drasticamente desde então, mas ao se basear nos mesmos dados, serão pelo menos 1,643 bilhões de pesquisas por voz por dia, ou 19.025 por segundo.

Tanto crescimento também poderá se aplicar às empresas, já que os colaboradores terão muito mais autonomia ao realizar pesquisas e solicitações com a voz e encontrar os resultados que desejam em apenas alguns segundos.

Colaboradores de todos os níveis hierárquicos poderão se beneficiar dessa tecnologia. Um gestor pode, por exemplo, agendar uma reunião em sua agenda sem nem precisar tocar na tela do celular, o que já poupa minutos valiosos de seu trabalho.

A inteligência artificial veio para ficar

Não restam dúvidas de que a IA está em alta no mundo da tecnologia. O reflexo disso já pode ser visto em nosso cotidiano e sua aplicação tende a crescer drasticamente, até chegar um ponto em que ela se tornará indispensável no dia a dia.

Novas tecnologias tendem a trazer um pouco de dúvida e incerteza, mas com tanto potencial, é de se esperar que seu impacto seja tão grande quanto o advento da internet ou da computação em nuvem, entre vários outros exemplos de sucesso no mercado.

O ideal é que sua empresa comece a se preparar para a adoção da inteligência artificial em suas atividades. Seja um escritório de advocacia, um consultório médico, uma agência de marketing digital ou uma empresa de gestão de contas, essa tecnologia poderá contribuir poderosamente para seu crescimento no mercado.

Por Da Redação

Seutec.com é um portal interativo que oferece notícias, dicas, tutoriais e diversos conteúdos de tecnologia, games e informática.

Deixe uma resposta

mulher, iphone-500291_1280

5 coisas que você jamais pensaria e hoje faz pelo celular